Lembra daquela sua camiseta preta com a estampa do álbum “The Dark Side of the Moon” do Pink Floyd que largou na primeira lavada? Pronto, aquilo é o velho transfer em ação. Ele consiste basicamente em grudar a estampa em cima do tecido, por isso larga com facilidade. A sublimação é bem diferente.

O processo da sublimação é parecido com o do tranfer: a estampa é impressa em um papel e “passa” para a camiseta em uma prensa térmica. A principal diferença é que a tinta adere ao tecido ao invés de ficar sobre ele. Assim, você pode usar e lavar quantas vezes quiser que a estampa não vai “descascar” da camiseta.

Camisetas sublimadas são ideais para eventos promocionais. Elas podem ser produzidas em menos de uma hora e a estampa pode ter diversas cores. O processo também é utilizado na fabricação de abadás, onde a camiseta é sublimada por inteira, como nos exemplos abaixo.

Se tiver alguma dúvida, pode entrar em contato conosco pelos comentários ou até ligar (85) 3932 4428.